Glúten e Lactose são vilões das dietas

Você deseja emagrecer, mas tem uma alimentação rica em produtos com glúten e lactose? Cuidado com o consumo destes alimentos, eles são os novos vilões da dieta. Você sabia que muitas famosas, quando querem diminuir medidas, cortam o glúten de sua alimentação? Após adotar esta medida, Letícia Spiller afirma que o abdômen desincha e os quilos a mais são perdidos. Para perder o peso ganho na gravidez, tanto Juliana Paes quanto Luciana Jimenez cortaram o glúten de sua alimentação e esta também é a dica de Giovana Antonelli para se manter elegante. O glúten e, mais recentemente, a lactose, são constituintes de alimentos que muitas pessoas estão abdicando. Mas, por que?

gluten e lactoseO que é glúten?

É uma proteína que encontramos no trigo, na cevada, no centeio e, em menor quantidade, na aveia. Pães, bolos e massas ficam fofos por causa do glúten, mas, não são só estes alimentos que o possuem: a substância também está presente no sorvete, no requeijão e na cerveja.

 

Por que o glúten é um dos vilões da dieta?

O glúten pode não ser bem absorvido pelo organismo na digestão, causando desconforto e inchaço abdominal. Como demora mais para ser processado, também ocorre a desaceleração do metabolismo. Por isto, cortar o consumo de glúten da alimentação faz com que haja desinchaço e o organismo funciona melhor.

Simplesmente erradicando a proteína de nossa alimentação diária já é possível reduzir três quilos em três meses. Mas, após este período, nosso organismo se acostumará com a ausência de glúten e os resultados não serão mais efetivos.

O glúten promove saciedade

Somente cortar o glúten não é garantia de emagrecimento! Existem pessoas que deixam de comer os alimentos que o contém e engordam, por sentirem mais fome e abusarem no consumo de outros produtos. O que fazer então?

O glúten promove saciedade ao nosso organismo, justamente por ser de digestão mais lenta. O recomendável para uma dieta equilibrada é consumir alimentos integrais, aliando-os com proteínas magras (carnes de frango, bovina e de peixe), além de ovo.

Utilize azeite e ervas para temperar suas saladas e coma sementes como chia, linhaça e também uma porção de castanhas diariamente. Estas são fontes de gorduras boas, também necessárias para nossa vida saudável.

O que é lactose?

Agora é a vez de falarmos da lactose. Você sabia que 85% das pessoas adultas sofrem de algum problema relacionado à ingestão de leite, mesmo em menor quantidade? A lactose é o açúcar que está presente no leite. Apesar de delicioso, não fomos feitos para bebê-lo após nossos anos iniciais, pois a produção de lactase, enzima que quebra a lactose e a digere, diminui à medida que ficamos mais velhos.

Por que a lactose é um dos vilões da dieta?

Sem esta substância, a digestão de leite e seus derivados fica prejudicada, provocando inchaço abdominal, retenção de líquidos e sensação de estufamento no estômago. Quando se retira a lactose da alimentação, é normal que os sintomas desapareçam, mas, assim como no caso do glúten, retirar o produto de nossa alimentação não é garantia de que a pessoa emagrecerá.

Apesar disto, o que se nota é que as pessoas eliminam de forma mais efetiva as toxinas do organismo e desincham. A sensação é de um corpo mais enxuto e o corte de lactose pode também melhorar a celulite.

A opção de alimentação sem lactose

A lactose está presente em todos os tipos de leite: integral, semidesnatado e desnatado. Por isto, trocar o leite por versões mais magras não resolve, você estará diminuindo somente a gordura e não o açúcar. A solução, para quem não quer abrir mão de jeito nenhum, é o leite sem lactose.

Ainda assim, o problema não se resolve, pois encontramos lactose também nos derivados, como queijo e iogurte. A boa notícia é que estes alimentos possuem bem menos lactose que o leite, mas, se você quiser fazer uma alimentação sem lactose por uns dias, para ver como seu organismo se comporta, retire o leite e seus derivados de seu cardápio e confira o resultado após vinte ou trinta dias.

As necessidades diárias de cálcio

Normalmente, quando falamos em fontes de cálcio, lembramos do leite. Como fazer para suprir nossas necessidades diárias sem a ingestão do líquido e de seus produtos?

Você encontra na própria natureza a solução para a ingestão de cálcio, com o consumo de folhas verde-escuras, como a couve, e também nas leguminosas, como o feijão. Legumes, frutas, verduras, cereais integrais e sementes suprem os nossos níveis diários, mesmo sem a ingestão de lactose. É preciso comer uma fruta a cada duas horas, além de legumes e verduras diariamente no almoço e no jantar.

Mas, se você não puder atingir os níveis de cálcio recomendados diariamente com a alimentação, pode complementá-la com suplementos vitamínicos, tanto do mineral quanto de vitamina D, que é responsável por levar cálcio para os ossos.

Também em Dietas vip

Leave a Reply